TI e aparelhos de prevenção de incêndios elétricos

Fontes de Alimentação
Fontes de Alimentação são usadas em conjunto, ou independentemente, do equipamento de controle e indicação. Elas podem ser usadas por qualquer aplicação em um sistema de incêndio que necessite de energia adicional, como por exemplo, detectores de fumaça por aspiração.

O BSI pode oferecer:
A Marcação CE e o Certificado Kitemark podem ser oferecidos de acordo com os padrões para fontes de alimentação, aparelhos de entrada/saída e isoladores de curto-circuito (veja à direita). Além disso, o BSI oferece testes de conformidade completos em relação à Diretriz de Baixa Voltagem (do inglês LVD).

BS EN 54-4: 1998
Sistemas de alarme e detecção de incêndios. Equipamento de fonte de alimentação

EN 60950-1: 2006
Equipamento de segurança da tecnologia da informação. Exigências legais

Aparelhos de entrada/saída
Esses aparelhos são usados para agregar funcionalidade extra a um sistema de incêndio, agindo como uma interface entre o sistema de incêndio e seus demais dispositivos periféricos durante uma situação de emergência. Por exemplo, esses dispositivos podem operar as trancas magnéticas em portas corta-fogo, iniciar fechamento de fábricas, ativar válvulas corta-fogo, etc.

O BSI pode oferecer:
juntamente com a Marcação CE e os programas Kitemark relacionados às normas exigidas para CIEs e ECDs (veja abaixo), o BSI pode oferecer testes de conformidade completos sob a Diretiva de Baixa Voltagem (do inglês LVD), e são uma das poucas agências credenciadas que podem avaliar e certificar em relação à norma BS EN12094. Os programas de certificação Kitemark para estes produtos qualificarão automaticamente de acordo com a conformidade da marcação CE.

BS EN 54-18: 2005
Sistemas de alarme e detectores de incêndios. Aparelhos de entrada/saída

Isoladores de curto-circuito
Isoladores de curto-circuito são usados para proteger o circuito de detecção contra danos devido a condições de falha do curto-circuito. Os isoladores permitem que o circuito continue funcionando, enquanto enviam um alerta de defeito ao CIE para que um engenheiro possa verificar.

BS EN 54-17: 2005
Sistemas de alarme e detectores de incêndio. Isoladores de curto-circuito