Proteção anti-impacto

Diretiva de Equipamentos de Proteção Pessoal EPP 89/686/CEE

Equipamentos de proteção pessoal podem ser definidos como "qualquer dispositivo a ser usado por um indivíduo para proteção contra um ou mais riscos à saúde e segurança".  Para atender aos requisitos da legislação, os fabricantes de EPP devem garantir que seus produtos estão em conformidade com a pertinente norma ou especificação técnica nacional, europeia ou internacional.

Classificação da diretiva para EPP:

  • Simples – produtos para uso de risco mínimo, no qual o usuário final é quem determina o risco.
    Auto-certificação pelo fabricante
  • Complexo – Produtos que protegem contra perigos mortais ou que podem ser seriamente prejudiciais à saúde.
    Avaliação tipo CE realizada por um organismo credenciado
  • Intermediário – Produtos que não se encaixam em nenhuma das outras categorias.
    Avaliação tipo CE realizada por uma agência credenciada

O BSI pode oferecer:
a maioria dos produtos EPP requerem a marcação CE. O BSI também pode oferecer o Kitemark – o que ajuda o consumidor a identificar produtos de qualidade que atendem ou excedem aos padrões da indústria.

 

Proteção anti-impacto: Capacetes
A proteção para a cabeça cobre uma extensa gama de produtos. Ela vai desde capacetes para impacto leve, como os usados por ciclistas, até os capacetes mais sofisticados com equipamentos de respiração e comunicação integrados, tornando-se assim aparelhos multifuncionais ao invés de simples aparelhos protetores. A introdução de normas mais rigorosas e melhores métodos de teste significa que os capacetes são agora mais confortáveis para o usuário, possuem uma estrutura mais leve e melhores condições de higiene.

Para uso urbano legal, todos os capacetes e viseiras devem ser certificados de acordo com a Lei de tráfego rodoviário (veja a Norma 22.05, BS 6658, BS EN 4110:1999). Como um dos principais laboratórios de teste de protetores de cabeça do mundo, o BSI é aceito como um fornecedor de serviços técnicos para a Agência de Certificação de Veículos, a autoridade certificadora britânica para a Norma 22.05.

Além disso, o BSI é a autoridade de teste britânica para o Sistema de Certificação da Qualidade nos Normas Australianas para capacetes e viseiras usados em veículos de acordo com as normas AS 1698 e AS 1609 respectivamente.

Em muitos casos, o BSI tem acordos de reciprocidade com muitos países ao redor do mundo. A certificação Kitemark também está disponível para capacetes de uso em veículos.

Capacetes e capacetes de segurança:

UN ECE Regulation 22.05
Capacetes para condutores e passageiros de ciclomotores e motocicletas com ou sem carro lateral e de viseiras de capacetes ou destinados a serem adicionadas a eles.
BS 6658: 1985
Capacetes de proteção para usuários de veículos
BS EN 4110: 1999
Viseiras para usuários de veículos
BS EN 1078:1997
Capacetes para ciclistas, skatistas e patinadores.
BS EN 397: 1995
Capacetes para segurança industrial
BS EN 812: 1998
Capacetes novel
PAS 017: 1995
Capacetes anti-tumulto para uso da polícia
PAS 028: 2002
Capacetes para segurança no mar

Capacetes esportivos

O mercado esportivo está se tornando cada vez mais global, com regulamentos nacionais e internacionais que os fabricantes precisam cumprir, bem como regulamentos individuais designados pelos órgãos governantes pertinentes. O BSI pode ajudar em todos os aspectos de testes para produtos esportivos que protegem todos, desde os campeões do mundo até os amadores entusiastas, os caçadores de emoção e as futuras estrelas!

O BSI apoia os fabricantes tanto de artigos esportivos novos quanto os já conhecidos, o nosso portfolio de clientes abrange uma seção completa de produtos esportivos,
desde grandes empresas multinacionais até pequenas empresas, que cobre esportes como ciclismo, Rúgbi, Críquete, automobilismo, equitação e mais.

Nossa reputação para alto padrão é tanta que a Federação Britânica de Equitação e o Clube do Pônei somente permitem que seus competidores participem de um evento de equitação se eles estiverem usando um capacete com o selo Kitemark.

O BSI oferece testes para as seguintes normas:

BS EN 7928: 1998
Protetores de cabeça para jogadores de Críquete
BS EN 1384: 1997
Capacetes para atividades de equitação
PAS 015: 1998
Capacetes para equitação
BS EN 966:1996
Capacetes para esportes aéreos
BS EN 1077: 2007
Capacetes para esquiadores e praticantes de snowboard

Proteção anti-impacto: armadura corporal

Todo mundo em algum momento da vida precisará de proteção contra alguma possível lesão. Quando um produto é posto a prova para que proteja membros, órgãos vitais e outras partes do corpo, saber que ele foi testado nos limites convencionais significa tudo.

Os laboratórios de proteção anti-impacto do BSI testam uma gama de produtos de proteção para o corpo, sejam eles direcionados para trabalho, esporte ou laser.

A certificação BSI inclui:

• Joelheiras e cotoveleiras (Motociclismo)
• Joelheiras e cotoveleiras (Esporte)
• Botinas e calçados protetores
• Roupas para a prática de Rúgbi
• Protetor genital para praticantes de críquete
• Caneleiras para jogadores de futebol

BS EN 1177: 1998I
Parque com superfície que absorve impacto
IRB/REG12/Iss 1/2005
Itens de vestuário específicos para jogadores de rúgbi (protetores de cabeça, ombros & itens banidos)